domingo, 20 de julho de 2008

A Casa das Sete Mulheres


Bem, como estou sem nada para ler (acabei de terminar um livro e não consigo me decidir qual vai ser o próximo da minha lista), vou escrever hoje sobre um livro que li há algum tempo e que releria com prazer. É o romance A Casa das Sete Mulheres, da gaúcha Letícia Wierzchowski.


Caso alguém não tenha ouvido falar dele ainda, o romance narra a história da família do General Bento Gonçalves na Revolução Farroupilha. Durante o conflito, que durou 10 anos, as mulheres daquela família ficaram morando numa propriedade no interior do Rio Grande do Sul, enquanto seus homens estão nas batalhas. A Casa das Sete Mulheres faz a gente ver a Revolução Farroupilha sob uma ótica feminina, das gaúchas que sofreram esperando seus homens voltarem (ou não) das guerras.

Não sei por que, mas acho que é coisa de gaúcho gostar de retratar a Guerra dos Farrapos de um jeito meio mistificado. Letícia faz o mesmo que Tabajara Ruas e mescla personagens reais com imaginários, reconstituindo aquela época tão longínqua. Gostei especialmente do jeito que o romance foi escrito, com diversos narradores (a maioria delas mulheres, logicamente).

Entrevista com Letícia

Fica aí a dica. Acho que vou aproveitar as férias para reler o romance.

Um comentário:

Vivi Bastos disse...

Olá, sempre apareço por aqui para saber das novidades literárias. Gosto muito de seu blog e por isso dediquei-lhe uma homenagem no meu, passe lá para conferir:http://romancegracinha.blogspot.com/