terça-feira, 5 de agosto de 2008

Ensaio sobre a Cegueira



Depois de ficar um tempo sem ler, escolhi entre as prateleiras da Cesma um livro que uma amiga minha recomendou. Ensaio sobre a Cegueira, de José Saramago realmente superou as minhas expectativas do autor e do livro.

Sobre o livro. Um homem fica, repentinamente, cego. É assim que começa o Ensaio sobre a Cegueira. O livro narra um surto de epidemia que torna as pessoas saudáveis em cegas. Por ser tida como cegueira contagiosa, o Estado coloca em alerta o país. Devido à situação de caos, personagens diferentes têm que se ajudar para lutar pela sobrevivência, já que todos perderam a visão.

Sobre o autor. Sempre achei que Saramago fosse um intelectual que escrevia numa linguagem difícil, quase inacessível. Talvez ele seja um intelectual (por conseguir pensar numa história tão boa), mas a linguagem de Saramago em Ensaio sobre a Cegueira é sedutora e simples. O autor consegue nos sensibilizar fazendo com que nos coloquemos no lugar das personagens da narrativa.

O jeito que ele narra história – misturando vozes e pensamentos interiores dos personagens com a narração do observador – nos prende a ela. Tanto que li as 300 páginas do romance em apenas uma semana.



Saramago ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em 1998.
Ensaio sobre a Cegueira vai virar
filme. Dirigido por Fernando Meirelles, ele estréia em setembro deste ano.

2 comentários:

Marcelo De Franceschi disse...

legal. uma vez comecei a ler ensaio sobre a lucidez mas desisti. pelo teu post esse ai deve ser diferente. mas e pq não pôs o trailer? aqui ta ele.
beijo

Livros e mais livros disse...

hmm
boa idéia, menino!
beijos